April 6, 2018

March 23, 2018

Please reload

Posts Recentes

Para ser um casal, antes preciso ser só eu

February 23, 2018

A busca por um parceiro (a) e um relacionamento equilibrado, segue acelerada nos dias de hoje, e é muito comum ver as pessoas falarem que não estão felizes, porque ainda não tem um namorado (a). E quem tem, se o relacionamento não vai bem, todos os aspectos da vida desmoronam.

 

Mas antes de ser um casal, ou antes de querer alguém, você precisa primeiro se querer e se amar, pois o primeiro amor de nossas vidas somos nós mesmos.

 

Muitos textos e terapeutas, inclusive eu, enfatizamos o amor próprio quando alguém vem perguntar como ser feliz no relacionamento, ou como arranjar um namorado (a), e isso parece tão clichê, e talvez até tão fácil de falar, mas o segredo é realmente esse. Não existe fórmula mágica para se conseguir isso, e mesmo sendo tão simples as vezes parece tão complexo.

 

Amor próprio é reencontrar com a sua alma, e namorar a sua essência, com bastante profundidade e autoconhecimento. É ter carinho e respeito por quem você é, é saber se defender, se proteger, se presentear e se namorar. Tudo o que acontece antes em um relacionamento a dois, deve acontecer primeiro de você para você mesmo (a).

 

Afinal, como você saberá do que gosta e do que não gosta, se nunca experimentou consigo mesmo (a)?

 

Quando falo que auto-amor é reencontrar com sua própria alma, destaco algo de uma importância tão grande que só vamos perceber quando um dia nos perdermos de nós mesmos tentando ser melhores para o outro, dentro de um relacionamento.

 

Sim, porque isso acontece.

 

E é nesse momento que as coisas começam a desandar, porque em um relacionamento feliz, são duas pessoas vivendo suas vidas, seus desejos, vontades, propósitos como indivíduos sozinhos, e então quando se tornam um casal, estão plenos, felizes e satisfeitos, e a troca é saudável, positiva e sem anulação. Diferente de relacionamentos onde as pessoas modificam seus propósitos, ou os deixam de lado, pelo outro.

 

Enquanto encontrar alguém para ser feliz for o seu foco, sinto lhe dizer, mas você não será feliz, pois a felicidade está dentro de você, e só você sabe como atingir esse auge, até porque o que é felicidade para um, pode não ser felicidade para o outro, e você já pensou que bagunça se unir a uma pessoa que tenha um auge de “felicidade” diferente do que você tem? Quanto esforço seria tentar alcançar esse auge, sem nem mesmo ter interesse nesse objetivo?

 

Então o que penso sobre isso é que se você quer uma pessoa, você primeiro precisa conquistar você, descobrir quem você é, o que gosta e o que te faz feliz, e sabendo disso, você já sabe qual é o tipo de relacionamento que te interessa e se esse relacionamento vai te somar, e não subtrair à sua essência. E isso serve também para o balanço em um relacionamento, porque como minha mãe uma vez me disse em um dos meus sofrimentos amorosos da adolescência: “Relacionamento é para ser bom, e não causar sofrimento! ”, e sigo com esse ensinamento desde então.

 

Convide-se para um jantar, para assistir um filme no cinema, tome aquele café gostoso sozinho, vá passear no parque, ou vá a uma exposição de arte...tenha momentos de valor e qualidade com você mesmo, se curtindo enquanto fica você, seus pensamentos e quem você realmente é.

 

E vivendo assim, duvido que não apareça uma pessoa bacana para compartilhar desses bons momentos com você, e alguém que você possa amar com proporções semelhantes ao seu amor próprio, pois relacionamento é soma, e não podemos apagar quem somos, e os nossos propósitos em detrimento do outro.

 

E com essa atitude, acredito que ao encontrar o seu relacionamento ideal, ele será promissor, porque amor atrai amor, e quem não quer se envolver com alguém repleto (a) de amor para dar?

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Instagram ícone social
  • Facebook Basic Square

© CARE SWEET CARE. Site desenvolvido por ODLM