April 6, 2018

March 23, 2018

Please reload

Posts Recentes

Existe vida sem celular

April 27, 2018

Em um sábado logo pela manhã, antes dos atendimentos que tinha naquele dia, meu celular parou de funcionar. De uma hora para outra, sem nenhuma explicação, ele simplesmente travou, e não havia nada que eu pudesse fazer para tê-lo de volta.

 

Com o tempo curto para resolver esse problema, terminei de me arrumar e fui para o consultório, torcendo para que ninguém precisasse falar comigo antes dos atendimentos.

 

Atendi todo mundo, deu tudo certo e quando cheguei em casa, meu celular ainda estava ali, sem movimento, sem vida, e sem qualquer sinal de que voltaria em breve.

 

Pensei...pensei...e claro bateu aquele desespero repleto de pensamentos, e com a pergunta: O que vou fazer agora?

 

Pacientes para responder, preciso montar a agenda da semana seguinte, posts do instagram, se alguém precisar falar comigo não terei como atender...e então no meio desse surto mental me dei conta de como o celular cria na gente uma necessidade absoluta de salvarmos o mundo.

 

Parei e me perguntei: Quem sou eu para ficar tão desesperada por ficar incomunicável?

 

Que super-herói eu sou, que não poderei me dar uns minutos de paz e relaxamento, e me abstrair totalmente desse mundo virtual que acaba por nos absorver por completo?

 

Respirei fundo e entendi o motivo disso tudo...eu precisava desse tempo, senão quem pifaria seria eu mesma.

 

Desisti de tentar ressuscitar o celular, fui arrumar minha casa e minhas coisas que no meio da correria dos últimos dias fui deixando de lado para quando em algum momento eu pudesse fazer isso. Depois tomei um banho tranquilo, sem me preocupar com os mil compromissos que listei em meu bloco de notas e no meu calendário.

 

Decidi largar mão de ter que estar sempre fazendo algo, e me deitei, largando todo e qualquer controle da vida. Com as minhas gatinhas, com um livro muito bom em mãos, me permiti ser embalada pelo seu conteúdo, até cair no sono e dormir despreocupada.

 

Que experiência maravilhosa!

 

Percebi que meu celular me mantém ligada o tempo todo, com uma agitação interna como se esperasse missões a cada notificação que ele me manda, e entendi o porquê disso tudo.

 

Daqui uma semana tiro férias, e já estava preocupada em como seria desligar e deixar a minha rotina e meus afazeres de lado um pouco, me punindo antes mesmo de deixar as coisas acontecerem.

 

Como a gente se pune né?!

 

E não precisa disso não gente!

 

Fiquei sem celular 2 dias, e foi tudo bem quando ele voltou ao normal. Mais mensagens do que o normal me esperando para respondê-las, mas o fato de ter vivenciado esse apagão por esse período, me fez ver que as vezes estamos tão envolvidos na loucura e no caos, que não nos permitimos enxergar que se a gente sair um pouco disso e olharmos de fora, nada acontece, e muito pelo contrário, a vida fica até mais divertida e serena.

 

Conclusão, ficar sem celular as vezes faz bem, claro que não precisamos esperar ele pifar, mas nos dar um tempo de pausa e calma na alma é literalmente a melhor coisa que podemos fazer por nós. Tranquiliza a mente, acalma a correria e nos faz notar coisas tão legais da nossa vida, que na rotina ininterrupta, a gente deixa de perceber e aproveitar.

 

Então te proponho um exercício, desligue o seu celular por um final de semana, e veja quantos momentos de qualidade você terá sem precisar estar online.

 

A oportunidade de conexão será com você mesmo e o que de melhor a sua vida real pode te oferecer, quer coisas mais gostosa que essa?

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Instagram ícone social
  • Facebook Basic Square

© CARE SWEET CARE. Site desenvolvido por ODLM